29.06
2015

Coisas…

Não sei quando as coisas ficaram difíceis. Parece que de uns tempos pra cá um turbilhão delas resolveram aparecer, coisas novas das quais nunca tinha vivenciado e isso torna tudo tão complexo. A inspiração tá cada vez mais distante por mais que eu tente ver, ler, desenhar, parece que tudo anda meio cinza por mais que esse blog e a minha vida sejam tão coloridos. Às vezes você só precisa sentar e esperar passar, mas já tem demorado um tempo isso tudo, começou de fora e invadiu coisas das quais não sei se tenho mais controle, aliás, relaxa, nada está sob controle né?

Tem certos momentos que por mais que você tente, use todas as suas esperanças e dicas felizes nada funciona. E tem coisa pior do que sentar e esperar? De não saber quando vai passar? Acho que nunca vou me esquecer dessa música: “A vida sem freio, me leva, me arrasta, me cega no momento eu que eu queria ver..” às vezes só precisa mesmo de paz, é tanta cobrança nessa vida, tanta correria, de todas as partes.

Você tem que ser perfeito. Você tem que ser um exemplo e bem sucedido e tantas coisas mais que sinceramente às vezes eu só queria não ser. Queria ser eu. Livre. Apenas. Que as coisas fossem mais simples, que as pessoas valorizassem mais umas as outras, mas não pelo o que cada um tem a oferecer, mas pelo que cada um simplesmente é. Não sei quando a nossa amizade morreu ou se ela morreu mesmo pra sempre e não sei quando nos afastamos. Não sei quando descobri essa bomba e como de um conto de fadas eu caí na realidade. Não sei quando eu soube que nem sei o que quero pra minha vida e acho que nunca vou saber. Tem doído bastante. Talvez isso se chame ser adulto. Quando foi que precisamos tanto colorir e olhar instagrams de frases pra tentar fugir desse estresse todo e lembrar que a vida ainda pode ser bonita? Quando foi a última vez que eu vi um pôr-do-sol? Nem me lembro mais de tão ocupada que eu sempre estou. Quando tudo isso me engoliu? Quando eu deixei que as coisas tomassem conta de mim e não eu tomasse conta das coisas? É só que tá tudo passando dos limites…

Desculpa, esse texto não é mesmo pra fazer sentido…

23.06
2015

Eu assisti – Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros

O Jurassic Park, localizado na ilha Nublar, enfim está aberto ao público. Com isso, as pessoas podem conferir shows acrobáticos com dinossauros e até mesmo fazer passeios bem perto deles, já que agora estão domesticados. Entretanto, a equipe chefiada pela doutora Claire (Bryce Dallas Howard) passa a fazer experiências genéticas com estes seres, de forma a criar novas espécies. Uma delas logo adquire inteligência bem mais alta, logo se tornando uma grande ameaça para a existência humana.

Eu sabia que precisava asssistir Jurassic World: Mundo dos Dinossauros o mais rápido possível e algo me dizia que eu não iria me arrepender. Expectativa? Lá em cima. Eu tinha que escolher também uma sala a altura e isso ficou por conta da 4Dx do Rio Mar, antes de falar do filme eu quero dizer que assistir nessa sala fez toda a diferença pra mim, claro que já é genial, mas com uma pitada de diversão a mais ele ficou além das minhas expectativas. Se você não assistiu ainda, aconselho assistir lá!

O filme é encantador por si só, toda a história, tudo o que promete. Temos ação, comédia, romance, tensão, medo, tristeza, surpresas e os sentimentos que só um filme tão bom quanto esse pode proporcionar, inclusive acaba tão rápido do tanto que você não consegue desgrudar os olhos! O filme começa nos apresentando ao maravilhoso Jurassic Park, localizado na ilha Nublar em que você pode visitar e conferir shows, museus de alta tecnologia, fazer passeios pertos dos dinossauros, como uma verdadeira Disney mesmo.

Claire Dearing, que é uma das responsáveis pelo park, convida seus sobrinhos para um fim de semana, como ela não pode ficar tempo integral com os garotos, pois está focada demais na criação de uma nova atração para o park (a criação de Indominus Rex, afinal as atrações já estavam ultrapassadas e eles precisavam inovar com “algo com mais dentes”), os garotos acabam ficando livres para curtir sozinhos. O grande problema, amgs, é que Indominus Rex acaba escapando da área de contenção e é aí que o bicho pega de verdade.

Indominus Rex começa a tocar o terror e a partir daí muitas revelações vêm ao desenrolar do filme, como por exemplo as modificações genéticas que eles fizeram durante a criação dele, que é um híbrido de Tiranossauro com outras espécies não reveladas. Achei o filme tenso, bem amarrado e prende você de verdade. A pegada do roteiro também não deixa a desejar, você tem uma revelação logo ao final, tem o momento de arrepiar (que cena absurda!) em que vemos T-REX, a briga final dos dinos e o ar de que algo ainda nos espera!

Como alguns estavam com medo podemos ficar tranquilos, os dinossauros são MUITO reais, em nenhum momento você percebe que eles estão distoando de algum forma e isso é tão impressionante, Jurassic World com certeza seria um lugar que eu queria visitar haha! Toda a combinação de trilha sonora, com a atuação dos protagonistas bastante impecável fizeram o combo do sucesso que está sendo, afinal já são US$102 milhões de dólares em um só fim de semana nos EUA né?

Voltando para a experiência da sala 4D, cada efeito desde o início do filme é milimetricamente calculado, desde os ventos, até vibrações, luzes e água. Inclusive bateu minha última experiência lá quando assisti Maze Runner, quando existiam vários efeitos um pouco desnecessários em algumas cenas, já em Jurassic cada efeito soube entrar em cada momento, deixando simplesmente o filme ainda mais fantástico. Pretendo assistir mais 5 vezes haha

19.06
2015

Festival Fartura chega pela primeira vez em Fortaleza!

Acho que todo mundo já sabe que dicas de comida e dicas de Fortaleza é comigo mesmo, adoro compartilhar coisas boas que acontecem por aqui e quando é novidade então mais ainda! E esse fim de semana Fortaleza ganhou um presente: O Festival Fartura que chega aqui pela primeira vez e terá a chef Lia Quinderé (Da Sucré, que até citei neste post) como Co-curadora do evento.

Na última terça fui conferir de perto o lançamento durante um jantar INCRÍVEL no Moana comandado pelo Chef Eduardo Sisi. Pela primeira vez eu comi POLVO na minha vida :O E tava bem gostoso, me surpreendi com o sabor e me senti verdadeiramente no Master Chef provando altos pratos do Menu com bastante variedade de ingredientes, inclusive camarão ao molho de maracujá, provei até sorvete de queijo, já valeu bem a pena e me abriu os horizontes pra ir experimentar mais ainda durante o fim de semana. Quem gostar de conhecer coisas novas vai ser mesmo um prato cheio viu?

Ok, mas o que é esse Festival? Uma espécie de expedição gastronômica, um evento que conta com mais de 70 atividades gastronômicas, entre cursos, degustações, cozinhas ao vivo, espaço para degustação de menus de chefs e restaurantes, espaço para degustação de petiscos, lanches e doces, vendas de produtos, mais de 20 atrações musicais, apresentações de grupos teatrais e espaço infantil.

O que achei mais interessante de tudo é que você poderá experimentar pratos exclusivos de Chefs do Brasil INTEIRO por ATÉ R$25,00. Achei o valor bem justo, considerando que gastamos pequenas fortunas em Foods Trucks na cidade. E também não é só um evento pra você “comer em si”, mas quem curte um pouco mais de gastronomia vai poder aprender, entender e se inspirar.

Eu sempre gostei muito de comida, mesmo sem saber cozinhar nada, acho que por isso sou tão viciada em “Master Chef”, “Master Chef Júnior”, “Batalha de Cupcakes”, “Cake Boss”, “Tempero de Família”, bem a louca dos programas culinários. Mesmo sem saber cozinhar vivo lendo receitas e assistindo tudo. Então acho o máximo quando Fortaleza recebe um evento tão grande e rico como esse. :)

Mais de 70 chefs e produtores convidados de 17 estados do país participam do evento. Os visitantes podem degustar menus dos chefs Thomas Troisgros (RJ), Léo Paixão (MG), Carlos Kristensen (RS), Katia Barbosa (RJ), Manu Buffara (PR), Onildo Rocha (PB), Wanderson Medeiros (AL) e Joca Pontes (PE).

A única coisa que você vai precisar investir mais é que a entrada não é gratuita, ela custa R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) e os ingressos podem ser adquiridos no stand do evento no shopping Iguatemi ou pelo site www.farturagastronomia.com.br. Os horários para curtir o Festival Fartura Fortaleza são: sexta (19), de 17 às 23 horas; sábado, de 12 às 22 horas e domingo (21), de 12 às 20 horas. Eu vou no sábado e vocês?

18.06
2015

Últimos filmes que assisti #3

A Estranha Perfeita // Filme de mistério do jeito que eu gosto! Rowena é uma repórter investigativa, que teve uma amiga assassinada recentemente. Ela descobre que este fato pode estar relacionado a Harrison Hill, um poderoso executivo de publicidade. Com a ajuda de Miles, Rowena decide se infiltrar disfarçada. Passando-se por Katherine, uma funcionária temporária na agência de Hill, e Veronica, uma garota com quem Hill flerta pela internet, Rowena passa a cercá-lo por todos os lados possíveis. Porém ela logo descobre que não é a única que está trocando de identidade. Esse filme envolve várias coisas, você pensa em várias coisas e fica desconfiado o tempo inteiro haha. O final é surpreendente! Tem no Netflix. Assistir o trailer.

O Quarto Secreto // Posso dizer que esse é um dos melhores filmes que eu já assisti! Se você quer vê-lo sugiro que não leia comentários, nem assista o trailer, porque ele já mostra boa parte do filme! Adrían é o mestre da Orquestra em Bogotá, onde vivia apaixonadamente com sua noiva Belém, que sumiu misteriosamente após ela desconfiar de sua fidelidade. Adrían, então, encontra o consolo na música e na sua nova paixão, Fabiana. Enquanto essa paixão cresce, perguntas sobre o passado voltam à tona. O final também é MUITO irado, aperta o play agora sem assistir o trailer! Não vou nem colocar o link hein?

Uma Noite de Crime 2 // Fui correndo assistir Uma Noite de Crime 2 e não gostei tanto quanto o primeiro. Um amigo meu me encheu de expectativas dizendo que era muuuito melhor, mas euzinha aqui prefiro o estilo do primeiro. Nesse filme a situação da ‘noite de purificação’ fica bem tensa quando um casal fica preso nas ruas e está prestes a encontrar quem saiu pra “curtir” a noite. Assistir o trailer.

Busca Alucinante // Kevin vai ao hospital fazer uma cirurgia simples. Quando Mary, sua namorada, chega para buscá-lo, ele desapareceu. Pior, não há sequer registro de sua presença. Um psiquiatra a declara instável e Mary precisa lutar para encontrar seu namorado e provar sua sanidade. Filminho ok pra assistir quando não tiver nada pra fazer, você fica meio confuso sobre o desfecho e realmente tem uma opinião até o final, dá um pouco de raiva, mas achei legalzinho! Tem no Netflix. Assistir o trailer.