Posts arquivados na categoria: Blog

21 maio 2016

Aniversário chegando, inferno astral truando, mas devo confessar que as coisas estavam difíceis antes mesmo dele chegar então… Vou completar 24 anos, dia 31 com louvor sobrevivendo diariamente a ser geminiana e a crise já chegou desde o ano passado, mas o que temos hoje é a famosa wishlist de aniversário (não podemos perder a tradição), porque os anos podem passar, mas se tem uma coisa que não deixa de passar é a vontade de ter algumas coisinhas né mores?

Eu diria que os principais desejos dessa wishlist são: essa sandália da Melissa, a primeira vez que vi ela estava no pé de Camila Coutinho e era transparente, eu mal poderia imaginar que existia a sua versão turquesa, mas quando eu vi amigs eu apenas surtei e ela é a primeira desta lista. Tem essa versão com amarelo também que amei. Estou desejando fortemente já tem bem um mês, porque eu não comprei ainda? Não sei. Outra coisa é essa nova onda de PATCHES! São tão divertidos e ficam mais lindos ainda quando estão em tênis branco, já consigo até imaginar qual look combinaria com esse tênis maravilhoso. O Livro da Karol Pinheiro é outra coisa que quero muito comprar/ganhar – sou dessas – acompanho a Karol já tem bastante tempo e acho que ela é uma das blogueiras mais autênticas e vida real, admiro demais e fiquei super feliz por ela quando soube que iria escrever um livro.

1. Melissa Flox III Sandals / 2. Essa caneca com a letra E da Imaginarium / 3.Tênis branco com PATCHES!!! / 4. O Livro da Karol Pinheiro / 5. Jaqueta com Patches / 6. Fone de Ouvido Branco Sony / 7. Capinhas Unicórnios Go Case / 8. Câmera Canon T5i 18-55m / 9. Livro Girl Boss

Mas, não é só de coisas materiais que vive o homem, então decidi fazer uma wishlist diferente dessa vez e elencar alguns desejos latentes internos que venho tendo e acho importante jogar pro universo saber que realmente estou empenhada em conseguir estas coisas, talvez até muito mais empenhada do que estou para conseguir as coisas de cima que vocês acabaram de ver.

Me importar menos com o que os outros falam
É, a gente sabe que não tem que se importar com o que os outros falam, mas é tão difícil! Mesmo assim é uma das coisas que desejo no meu ‘ano novo’, viver mais de acordo com as minhas expectativas e não a dos outros, ser congruente com os meus valores e não com os dos outros e assim poder fazer mais o que eu gosto e estar mais em paz comigo.

Ser menos ansiosa e mais segura
Das pessoas que eu conheço e que estão na minha timeline, seja pelos grupos do Facebook, twitter ou instagram, pelo menos 60% delas estão ansiosas com alguma coisa, essa ansiedade pode se transformar em doença séria, pode dar crises de pânico e tudo mais. E ela começa silenciosa, calma, a gente achando que tá só ansioso hoje, mas eu pelo menos tenho que diminuir muuito a minha ansiedade pra tentar viver melhor. Confesso que ando um pouco nervosa com as coisas, muito ansiosa com o futuro, sentindo uma pressão extrema de todas as partes, mas a gente vai ter que saber lidar com isso, por isso quero ser mais segura das minhas decisões, quero ter calma pra planejar meu futuro e pra entender que as coisas não chegam do dia pra noite :)

Ser menos indecisa
Acho que entra um pouco também na questão da insegurança, mas quero muito poder resolver as coisas sem pensar tanto antes, sem calcular, quero poder arriscar mais sem medo sabe? Fico constantemente indecisa com o que devo fazer e às vezes acabo não fazendo nada e isso me prejudica demais, nós (eu e você que também se considera indeciso(a)) precisamos entender de uma vez por todas que a vida é feita de riscos, você está correndo risco o tempo INTEIRO, só em sair da sua casa. Então, precisamos tomar decisões, nos posicionar e estarmos prontos para as consequências das nossas escolhas. Ponto final.

Enfim, o post já está ficando enorme e era pra ser só uma Wishlist simples, se eu fosse falar tudo que estou querendo atualmente iria entrar show da Katy Perry, pintar meu cabelo de ruivo acobreado e não iria terminar ele hoje tão cedo, mas se você leu até o final dá um OI nos comentários ou então me diz seu signo, adoro falar sobre isso haha. Vai dar certo.

 

08 maio 2016

AAAA como eu tô feliz de ter voltado! Não quero me alongar muito falando do passado (mas será que alguém ainda lê este blog? Deixa um OI! nos comentários se você ainda é um terráqueo que entrava aqui nessas terras abandonadas) , então vamos falar de presente e dessa nova fase do blog, como vocês já sabem, desbravar comidas aqui em Fortaleza é uma das minhas coisas favoritas, aliás preparem-se que teremos muitos posts sobre isso aqui e de maneira sincera como sempre gostei, até porque comida é um assunto muito importante pras nossas vidas, amém? Nas últimas semanas fui conferir o frango do Oppa Dak (um recém inaugurado chicken bar coreano aqui em Fortaleza) já tinha ficado curiosa pra experimentar, mas confesso que não tinha ido ainda por ser meio desconfiada, será que só o frango é uma coisa legal de comer? Kédizê não tem arroz, nenhum acompanhamento?

Que estranho, logo eu que sou a louca do arroz! Mas, topei ir conhecer, chamei alguns amigos e a minha nova colaboradora aqui do blog a @livlovluv e contar nossa experiência :)

Primeiro ponto positivo pra mim? Não tava lotado. Sério, eu tenho horrorzinho de locais muito lotados, principalmente locais de comer, lembro que quando conheci a Magus não tinha se quer um pé de criatura e nas vezes seguintes tão lotada que desisti de comer lá, mas o Oppa Dak tem ambiente interno e externo o que dá pra atender bem todo mundo, chegamos e fomos logo olhando o cardápio, lá é um chicken bar coreano especializado em frango frito com molhos especiais, minha amiga já tinha dito que são 04 opções de frango, então você pode pedir meio frango ou 01 frango inteiro.

São quatro sabores de frango: apimentado (chicken empanado, envolvido em molho sweet & spicy agridoce com um toque caprichado de pimenta), original (chicken apenas empanado com molhos sweet & spicy e de mostarda), cebolinha (chicken empanado coberto por cebolinha desfiada e molho especial de teriyaki) e alho (chicken empanado, envolvido em molho de alho com base de shoyu).

Fiquei meio choque com o tamanho da porção! É bem grande, tanto que essa das fotos serviu 04 pessoas e ainda sobrou, nós pedimos os 04 sabores pra experimentar (foi um frango inteiro) e confesso que os meus favoritos foram o Original e o Cebolinha, achei a carne bem leve, bem temperadinha, as batatas chips também são excelentes e dão um gostinho a mais. Sobre os acompanhamentos que falei lá em cima? É não tem arroz, mas tem salada de repolho com molho rosê (eu adorei essa!) e picles de nabo + as batatas chips (existem alguns pedidos que os acompanhamentos funcionam como refil, você pode pedir à vontade). A proposta do Oppa Dak é oferecer pratos e bebidas pra happy hour, acho que quem curte cerveja (não é o meu caso) vai curtir mesmo comer o frango deles como aperitivo.

Quem prepara tudo é o chef Noah Hyun e o primeiro Oppa Dak surgiu no Cumbuco, mas devido ao sucesso resolveram abrir um aqui em Fortaleza. Achei a proposta bem bacana, eles tem delivery super organizadinho, o ambiente é agradável e aconchegante – tem sofá, coisa que adoro em restaurante #soudessas – e tem bebidas além da cerveja também pra quem curte, o Soju que é um saquê de arroz típico da Coreia e Somek, um drink exclusivo da casa que é preparado com Soju e Cerveja. Os preços variam de 50 a 80 reais :)

Oppa Dak – Chicken Bar // Rua Canuto de Aguiar, 1449, MEIRELES, Fortaleza // Telefone: 3085.7081 // Facebook.com/OppaDakBr

11 fevereiro 2016

QUE coisa louca está acontecendo! Eu sempre fui uma pessoa multi, sempre tive trabalho fixo – naquelas velhas horas religiosas de 8h às 18h dentro de um escritório – sempre tive o blog, um namorado, um MBA (ou uma faculdade) pra lidar e um cabelo pra lavar. E sempre lidei muito bem com tudo isso, aliás, quanto mais coisas tivesse melhor, não satisfeita com tudo ainda pegava vários freelas de design e clientes pra atender.

E, assim, eu ia seguindo a vida e dando conta, eu juro que dava conta de tudo (menos do cabelo, confesso!), mas de repente não mais que de repente no meio do final de 2015 simplesmente tudo SUMIU. Minha capacidade de lidar com esse número de coisas evaporou de tal maneira que até agora estou tentando encontrar, de repente me senti sufocada e com uma ansiedade sem limites. De repente foquei em uma das coisas (mergulhei de cabeça real!) e todas as outras sumiram e/ou perderam importância pra mim, será que algum psicólogo explica? Ou é o poder do foco que é grande demais e pude vivenciar isso na prática? Mas, sei lá, eu gosto de ser uma pessoa multi, gosto de ser uma pessoa que faz e conhece várias coisas.

Agora em 2016 bateu o vazio real, me toquei que PRECISO voltar pro MBA, que preciso estar mais presente aqui no blog (com mais textos pessoais, aliás, que é algo que adoro fazer!) que preciso voltar pros meus vários projetos pra realmente me sentir completa. Nesse meio tempo de ‘vazio’ em que me concentrei apenas em uma das coisas da minha vida, pude ver o quanto nós precisamos de impulsos ou então a gente estagna sabe? Precisamos tanto de estímulos de projetos novos, precisamos cultivar nossos sonhos, conhecer gente nova, cultivar nossas vontades pessoais ou então tudo vai ficar adormecido na chamada louca vida de estress 24h de trabalho. Sério, isso pode acabar com você.

Outra coisa que me paralisou real nos últimos tempos foi o MEDO. É, eu nunca fui uma pessoa de sentir muito medo, mas cara a crise nos 23 anos não brinca! De repente comecei a ficar com medo de várias coisas, de fracassar nos meus projetos, do blog não ter mais nenhuma leitora (sim, sou dessas!), de não conseguir realizar, enfim, esse é o meu medo constante. De me tornar uma pessoa parada na vida. Que contraditório, acabei que me tornei uma pessoa parada durante alguns meses simplesmente por ter medo de ser uma pessoa assim, eu sei é estranho. Aliás, esse texto tá ficando confuso pra caramba, melhor eu parar por aqui e voltar à programação normal. Beijos!

1 2 3 4 42