Posts arquivados na categoria: Livros

06 maio 2015

Eu juro que desde que comecei a ler e praticar esse livro um MONTE de coisas boas estão acontecendo. Eu mudei. Tô me sentindo mais leve, mais confiante, mais tranquila em relação as coisas e automaticamente estou atraindo tantas notícias boas(!), na verdade não foi só depois dele é o conjunto dele com esse que já falei aqui. Eu quero comprar a coleção completa o mais urgente possível, aliás, entramos no mês do meu aniversário AEEEE Maio, o mês mais lindo. Então fica a dica de presentes haha. Gente, juro, esse livro é tão incrível e ele trata as coisas com tanta simplicidade, se você estiver aberto pra mudar a sua mente e tentar ser alguém mais positivo e leve ele vai fazer uma transformação e tanta em você!

Eu não gosto de contar muitos detalhes do que acontece, mas como esse é meu blog e preciso registrar coisas da minha vida aqui, apenas 2 semanas depois de começar a praticar os exercícios do livro fui promovida na empresa que eu trabalho, sério! Eu nunca esperaria isso tão agora sabe? Era uma meta pra daqui há um 1 ano mais ou menos e eu acabei atraindo isso mais rápido. Tô feliz demais e vendo o mundo ainda mais cor-de-rosa haha, pois bem vamos falar do livro em si?

Ele traz váários exercícios pra te tornar uma pessoa mais confiante e feliz, faz você escrever várias vezes frases positivas afim de fixar na sua mente e você poder praticá-las no dia a dia sempre que tiver uma raiva ou um pensamento ruim, por exemplo, ele te dá uma frase ou pensamento ruim e depois faz você reescrever ela no sentido positivo. E eu achei isso sensacional porque sou meio bitolada às vezes, acho que as coisas só acontecem comigo, que não sou querida naquele ambiente etc, e os exercícios fazem você ver que você não precisa estar bem para outros, você só precisa estar bem pra você e você vai acabar atraindo um mundo de coisas boas.

Então, ele fala da influência dos pensamentos como algo fortíssimo (que eu super acredito) tudo que você pensa, você atrai, não precisa ser expert pra saber disso, mas ele coloca de uma maneira tão inteligente e atrativa que deixa o livro mais especial. Entrando na onda do colorir, também tem páginas pra gente pintar e relaxar. E assim como o outro da coleção que já falei aqui ele também custou só R$12,00 também na livraria Leitura do Del Paseo pra quem mora aqui em Fortaleza. Tem como não se apaixonar?

22 abril 2015

A louca dos livros interativos ataca novamente! Quando eu vi esse em algum lugar pela internet fiquei doida pra comprar e não descansei até ter um pra chamar de meu! Sério, eu amo esse tipo de coisa, acho que o mundo tá aceleraaado demais e que a gente vai precisar de cada vez mais controle emocional, exercícios pra ficar zen e saber lidar com essa velocidade toda que está rolando. E o melhor de tudo, esse autor tem uma coleção compleeeta desses livros com diversos temas, eu comprei esse e outro que vou postar aqui também, mas já tô doida pra comprar mais uns 4! haha

O livro não é grande, ou seja, nada cansativo, é composto por metáforas, historinhas, exercícios pra quando você tiver angustiado, estressado, à beira de um ataque de nervos, triste e então ele te ensina exercícios com os dedos, as orelhas, as pernas, tudo que você pode fazer pra amenizar tal situação. Tem espaços pra colorir, pra voltar no tempo e você escrever situações as quais mexeram muito com você e que talvez você não tenha superado ainda e muitas lições bacanas que te leva a ter mais otimismo e ficar mais calmo no dia a dia.

Ele é muito fofo e eu acho que vou acabar ele até amanhã porque dá vontade de fazer tudo de uma vez! Ele também tem testes pra saber qual seu nível de estresse e nível pra chegar num estado zen, te explica o que é ser zen e desmistifica também alguns significados que as pessoas colocaram ao longo dos anos. O mais legal é que ele é super baratinho, comprei na livraria Leitura do Del Paseo e custou só R$12,00! Ou seja, dá pra comprar a coleção toda loooogo!

19 janeiro 2015

Fazia um tempo que eu estava querendo fazer esse post, mas achei melhor, finalmente, me formar pra falar com propriedade sobre esse assunto que tanta gente ama, mas tem dúvidas. Alguns amigos também me perguntaram ao longo deste anos se valia a pena mudar seus cursos pra fazer design e eu sempre me lembro que não foi fácil chegar a essa decisão, no meu caso de largar a publicidade pra fazer design.

Eu sempre tive essa veia do design, eu sempre quis fazer meus próprios layouts e inclusive o primeiro curso que fiz foi de webdesign no Senac. Então, decidi compartilhar minha experiência como profissional formada pela Faculdade 7 de setembro, claro que existem outros cursos no mercado tão bons quanto e com as particularidades de cada um. Lembrando que esse é um post pessoal sobre a minha visão sobre as coisas, nada é verdade absoluta por aqui! :)

O que é o curso de Design Gráfico?
O objetivo geral do curso é capacitar o aluno a desenvolver, com base em conhecimentos tecnológicos e estratégicos, soluções eficazes na área de concepção e produção gráfica e programação visual, para produtos de mídia analógica e digital, e assim formar profissionais aptos para atuar em veículos de comunicação, agências, editoras, gráficas, escritórios e setores de Marketing e Comunicação de instituições públicas e privadas.

Devo trocar meu curso pelo curso de Design?
Muita gente já me fez essa pergunta e ela é difícil de responder porque cada um tem suas aspirações na vida, mas claro que antes de qualquer decisão você deve:

1. Fazer uma lista de prós e contras. Nem que sejam 50 listas.
2. Se perguntar se gosta do seu curso atual e se sentirá falta dele.
3. Se você se vê na profissão atual daqui há alguns anos.
4. Se você gosta das opções atuais das áreas de atuação.
5. Se você gosta de ser livre pra criar, desenhar, reinventar.
6. Qual a visão que mais te faz vibrar e se alegrar: Sua profissão atual ou Eu designer?
7. Você verdadeiramente tem dado o seu melhor e se sente empolgado com seu curso atual?

Por exemplo, eu saí do curso de Publicidade porque adoro criar e adoro design, mas não me via como diretora de arte porque você não vê nem 20% na faculdade do que um diretor de arte realmente faz sabe?

Trabalhei em agência e via meu leque de opções como profissional de publicidade muito pequeno, nenhuma das áreas de atuação me chamou atenção pra que eu continuasse, então por isso decidi trocar porque sabia que como designer eu poderia trabalhar em vááárias áreas, como por exemplo: Web Design, Produção Gráfica e Editorial, Sinalização, Fotografia, Design de Embalagem e de Produto, Ilustração, Identidade Visual, Tipografia… entre outras!

Devo fazer uma graduação em Design ou um curso básico/intermediário no Senac antes?
Bom, depois que você respondeu todas as perguntas acima e, sei lá, decidiu continuar no seu curso atual, mas ainda tem uma coceirinha pelo design, os cursos que o Senac oferece são muito bons! Na verdade eu fiz há um tempo atrás e ele era específico para web, então nada de impressos, esse tipo de coisa.

Mas valeu muito a pena, porque eu estava só começando e não entendia muito bem como mexer nos programas, apesar de 90% ter aprendido sozinha em casa mesmo com muuuuitos tutoriais. Então se você quer como hobby ou como uma segunda profissão, mas não pode começar de já a graduação, eu indico sim você começar por um curso bacanudo :)

Quais as coisas que eu não vou aprender na faculdade de Design?
Eu fiz esse post aqui explicando as coisas que eu nunca aprendi na faculdade, nem enquanto fazia publicidade, nem agora com design, isso me deixa um pouco triste e revoltada (acho hoje que peguei meio pesado no post ahahhaah). Mas basicamente são:

1. Ter um planejamento de carreira.
2. Te ensinar a manusear softwares dignamente.
3. Quero empreender e agora?
4. Trabalhar em grupo
5. Lidar com um feedback

Eu não sei mexer em Photoshop, Illustrator, nem desenhar nada! Rola fazer essa faculdade?
Quanto a não saber desenhar pode ficar tranquila! Você não precisa saber desenhar, inclusive existem algumas cadeiras de desenho que vão te ajudar a desenrolar isso, nada muito complexo apenas desenhar umas caixas, aprender sobre profundidade, etc.

Quanto a mexer nos softwares é uma coisa que me intriga muuuito, eles não ensinam 1% pra gente, na verdade vejo gente que chega sem saber NADA e sai sabendo um pouco, mas o aluno mesmo tem que ter garra e estudar com tutoriais, em casa, youtube, qualquer coisa! Esse é o segredo, infelizmente acredito que na faculdade não dá tempo pros professores e você precisa fazer mais que a sua tarefa de casa pra realmente se tornar um profissional bom! :(

Quais os assuntos abordados em uma faculdade de design?
São muuuitos, mas ao longo desses anos gostei de poucos! Eu sou uma mistura de marketing – comunicação – empreendedorismo – design então tudo que tá fora disso me interessa bem pouco, eu sei, eu sei, eu não deveria ser assim hahaha As minhas cadeiras favoritas foram:

1. Design e percepção humana
2. Ergodesign
3. Linguagem das cores
4. Produção gráfica
5. Design de mídia digital
6. Identidade visual
7. Marketing aplicado ao design
8. Empreendedorismo em design

Quanto um designer ganha?
Isso é um pouco complexo de responder, toda profissão tem seus altos e baixos, tudo vai depender da sua posição se você é freela, se é um profissional contratado, se corre atrás dos jobs. Uma das coisas que me faz feliz no design é poder me reinventar e conquistar meus próprios clientes é assim que muitos designers ganham mais dinheiro.

Mas é importante lembrar também que um designer deve valorizar a sua profissão e saber bem que tipo de valor cobrar pra determinado trabalho já que existe uma parte do mercado que ainda não valoriza a profissão.

Ufa! Fim da primeira parte respondendo algumas perguntinhas que chegam até mim :) Espero ter ajudado. Tem esse post da Madly Luv super bem feito que eu indico a leitura também pra quem tá com dúvidas. Aos que vão se juntar ao nosso mundo, sejam bem vindos! :D


Foto: Meninices da Vida.

1 2 3 4