20 fevereiro 2017

Considerando que quanto mais o tempo passa mais me vejo longe de festas ~durante o carnaval~ pensei em elaborar este post, com certeza devem existir criaturas que assim como eu não estão nem um pouco na vibe do glitter, da sereia, do chiclete com banana ou do unicórnio. A gente quer mesmo é aquele sossego da firma, ficar na nossa cama, assistindo nossos filmes (que inclusive estão acumulados), fazendo vários nadas e dando graças a Deus uns dias de folga.

E mesmo sabendo que vamos fazer vários nadas a gente também quer se planejar pro carnaval e por isso trouxe um guia completinho de coisas pra fazer pra ajudar nessa missão – quem mora em Fortaleza vai ter um plus na categoria #comida– mesmo que você opte por hibernar em frente à Netflix durante todos os dias, ficam aqui as sugestões.

Vamos começar logo pelos FILMES porque assim conseguimos ter uma ideia de quantas horas sobram pra viver o resto dos dias. Quero muito indicar pra vocês os filmes abaixo (tem desde suspense até romance, todos muito legais pra passar o tempo!):

#1. Simplesmente Acontece (Love, Rosie) Esse é aquele tipo de romance que você vai se identificar, não achei água com açúcar, é a pura realidade do que acontece com a gente. Acho que pelo menos uma vez na vida você já passou por isso ou vai passar, descobri esse filme em uma noite de bad depois de terminar meu namoro e PENSE como chorei sozinha largada, mas é bom demais quando a gente descobre um filme assim sem querer.
#2. Invasão Zumbi Adoro coisa de zumbi e definitivamente esse filme é fantástico! Adrenalina pura, inteligente e dramático. Diz muito sobre o ser humano, não é puramente zumbi, tem lição pra caramba!
#3. Homem nas Trevas Quem vê essa capa e essa descrição falando de Evil Dead pensa que é um daqueles de terror punk, mas pra mim é um daqueles suspense indispensáveis e épicos! Prende você do início ao fim, tem uma história irada, uma trama super bem elaborada e assustadora ao mesmo tempo. Vale cada segundo assistindo!

#4. Confiar (confi@r) É um filme sobre o envolvimento de menores com a internet e os perigos disso, gosto bastante desse tipo de assunto e esse filme em particular é bem bacana. Aborda vários aspectos dos perigos da internet.
#5. A vida secreta de zoe Já tinha indicado esse filme nesse post aqui e continuo indicando, a trama é bacana, aborda sobre vício em sexo e as consequências que isso trás pra vida dessas pessoas.
#6. A Garota do Trem Desde que eu tinha visto o trailer desse filme tava doida pra assistir e de fato ele é um drama daqueles! Com uma pitada de suspense e até de confusão no final você consegue se encontrar bem. Fala sobre fidelidade, psicopatia, depressão, bebida e casamento. Excelente e prende do início ao fim.

Mas se você tá afim de começar uma série nova as minhas 3 principais indicações nesse momento são:
#1. Black Mirror (não dá pra você viver em 2017 e não assistir essa série, vai por mim e ela é ótima pra carnaval porque os episódios são todos independentes então você pode assistir tudo desregulado que não vai ter problem)
#2. Jane the Virgin (uma série de drama/comédia super gostosa de assistir, com toda uma pegada latina!)
#3. Prison Break (pra você ir se preparando para a volta com a 5º temporada, vamos falar disso mais tarde).

Não tem como a gente fazer um guia de carnaval sem falar sobre comida né, vamos combinar que esse deveria ter sido o primeiro tópico, claro que quando estivermos quentinhos na nossa cama com netflix estaremos acompanhados por alguma ‘food’, mas digamos que você cansou e quer ir dar um rolé pela cidade, comer algo legal ou apenas comprar e voltar correndo pra casa, eis as minhas sugestões e os lugares que com certeza vou dá um pulo e pode ser até que a gente se encontre…

#1. Cookie Mania – pra você comprar aquele cookie maroto de M&Ms, de chocolate branco ou preto ou cookie de nutella, opção não falta e provavelmente eu irei sair de lá com um de cada.
#2. Gelateria Trevo – eu não dava muita bola pra taça da felicidade até o dia que eu e minha família devoramos duas de uma vez só! Nunca esqueci aquele dia e ultimamente só tenho pensado em voltar lá, então esta é uma ótima ocasião pra gente ir comer uma taça da felicidade kkkk.
#3. Porpino Burguer – Talvez já tenha hamburgueria demais nesse post, inclusive falei do porpino aqui já fui várias vezes e não me arrependo. Eu sempre preciso comer o muzarella sticks pelo menos 1x a cada 3 meses, é justo pra quem trabalha tanto.

#4. Sablé Diamant – uma patisserie e cafeteria que já tem tempos que quero visitar. Eles ficam na aldeota, tem um lugar todo aconchegante e floral, além de ter uma bebida que vem com algodão doce azul em cima do copo a coisa mais linda, quero e preciso experimentar!
#5. El Chancho – é uma hamburgueria que estou querendo visitar faz tempo, não tenho muito o que falar sobre, mas todos os meus amigos indicam MUITO e com certeza é um lugar que quero visitar nesses dias, farei um post depois dizendo se vale a pena. Se alguém já tiver ido, me dá um toque.
#6. Mercado Meireles – eu amo esse lugarzinho, sempre indico pra todo mundo e ainda quero fazer um post completo dele. Dá pra ir acompanhado, sozinho ou com a family. Dá pra comer lá ou simplesmente comprar e trazer pra casa, tem tantas opções pra tantos gostos que realmente é o lugar ideal pra desopilar. Quem ainda não conhece, recomendo que vá logo!

Ou você pode optar por fazer algumas coisas que estão pendentes, inclusive tenho várias, mas vou colocar uma listinha básica de atividades que sempre procrastinamos que podemos colocar em ordem nesses dias ouvindo uma bela playlist do Maluma, é claro:

#1 Organizar as gavetas do escritório
#2 Organizar o armário/guarda-roupas
#3 Terminar ou pelo menos continuar lendo UM da sua pilha de livros parados pela metade (Uma hora a gente vai ter que terminar eles né?)
#4 Lavar os seus pincéis de maquiagem
#5 Aprender um novo hobbie que você esteja querendo há algum tempo. Eu, por exemplo, quero muito me desenvolver no Lettering, já arrisquei algumas coisas, mas quero estudar mais e praticar, esses dias livres são uma boa oportunidade.
#6 Ler a Bíblia. Se você é uma pessoa que, como eu, está mais dedicado a viver a Palavra de Deus esta também é uma ótima oportunidade pra dedicar um tempo de qualidade pra estudar a Bíblia e fazer devocional!
#7 Caminhar na Beira Mar, ver o pôr-do-sol e apreciar a sua cidade.

Voltando pra TV, queria indicar pra vocês alguns documentários também – a gente pode dividir o tempo entre filme, série e documentário! Tem que entrar de tudo aqui nesse guia, queria muito colocar Girl Boss, mas só vai estrear em Abril então por enquanto ficamos com:

1. Making a Murderer (um caso real e bizarro sobre a condenação de Steven Avery, viciante e você vai querer assistir os 10 episódios todo em um dia, você vai ficar muito puto e vai passar o resto do dia pesquisando tudo sobre o caso na internet, o BuzzFeed afirmou isso também)
2. Tony Robbins – Eu não sou o seu guru. Tony é o maior coach do mundo, se você não sabe quem é ele ou o que é isso que eu estou falando, amig dê meia volta e pesquise tudo o que puder durante este carnaval.
3. Abstract – the art of design (esse aqui é mais pra quem curte design, arquitetura, etc. Mas se você curte criatividade acho que vai gostar bastante).

Enfim, acho que é isso! Espero que tenha ajudado a dar uma luz do que fazer in da house! Caso tenham mais dicas mandem pra cá :D Eu vou seguindo por aqui. Gostou do que leu? Então nos acompanhe pelas redes sociais para poder ver nossas atualizações e ler os novos conteúdos do blog rapidinho. Dê um like na página do Facebook e siga o perfil @nuwemblog no Instagram. Lembra de deixar seu comentário! :D

14 fevereiro 2017

Sempre antes de começar a escrever sobre um filme aqui no blog já fico me preparando pra alguns comentários que devo receber, então já vou logo avisando que não sou especialista em filmes e nem tenho a pretensão de parecer ser nesse texto, aqui é apenas a minha percepção como leiga que consome a trilogia de 50 Tons apenas dos filmes, ou seja, não li nenhum livro e nem conheço a história mais a fundo, sou puramente uma consumidora do cinema, ok? OK.

Muitas são as teorias sobre 50 Tons, eu mesma tinha um preconceito logo no começo e realmente algumas páginas que eu li dos livros não me conquistaram, porém decidi dar uma chance para o 50 Tons de Cinza Filme (que inclusive falei aqui) e até que gostei bastante, achei pura e simplesmente entretenimento. As pessoas gostam de confabular, criticar e inventar demais sobre um filme/história que é quase um universo paralelo, um homem bilionário, bonito, charmoso que se apaixona por uma Anastásia Virgem e que quer ter submissas para o seu joguinho sadomasoquista, parece uma história que não tem muito sentido, mas até que vi um caminho se formar nessa segunda parte. As coisas começaram a tomar um rumo e sair mais da bolha Christian Grey, o que antes tudo girava ao seu redor, agora é a vez dela ditar as regras.

Achei bem melhor do que o primeiro, aquele clima sombrio e frio do filme deu lugar a algo mais quente, a cenas mais leves e românticas. O que antes evidenciava forte uma dominação, agora temos um Grey mais aberto a negociações e até submisso em várias partes do filme (tem uma parte que você realmente não acredita no que está vendo!), temos mais invoga o passado de Grey e seus traumas relacionados aos abusos que sofreu e bem mais aberto a deixar Anastásia se aproximar dele. Inclusive no lado romântico – o que era algo terminantemente proibido, neste nada de contratos nem regras.

Li algumas críticas sobre a falta de química entre eles e acho que até melhorou nesse segundo, porém ainda poderíamos ter um casal protagonista com mais envolvimento, apesar de ter achado as cenas de sexo bem melhores, com mais naturalidade e uso de brinquedinhos “mais tranquilos” digamos assim, ela mostra o corpo bem mais do que ele sem medo, acho inclusive que ele apareceu muito mais no primeiro do que nesse segundo, as cenas quentes são muito mais envolventes, por conta daquele clima sombrio ter sido tirado, nesse filme conseguimos sentir mais conexão do casal – apesar da baixa química entre os atores. Também achei que ficou bem equilibrado as cenas de sexo com o restante do filme, mesmo as brigas e diálogos sempre terminando em cenas assim – como se sexo resolvesse tudo sabe? pois é.

Temos alguns novos personagens dando o “ar da graça” na trama, como o chefe de Anastasia e uma ex-submissa de Grey, esperava um pouco mais sobre eles, gostei quando a trama começou porque deu uma agitada, mas ela logo foi resolvida e passou muito rápida pelos nossos olhos, acho que poderiam ter balanceado, mas o filme estava preocupado demais em deixar claro que agora Grey está apaixonadinho, o que me irritou um pouco, pois poderíamos ter um suspense bacaninha pra irmos além do sexo e da vida de princesa que agora a Anastásia está vivendo.

Confesso que se antes era um pouco enjoadinha de Grey e sua bolha, agora estou completamente conquistada por esse novo Grey (que ainda é um pouco psicopata e controlador, mas que já melhorou muito), gostaria muito de ter lido os livros pra ver o que ocasionou tal mudança radical, o amor talvez? A chegada daquela tal pessoa que nunca havia chegado antes?

Um pouco complexo já que o problema dele é realmente uma doença por conta do abuso que sofreu, fica agora a dúvida: será que ele realmente está disposto a mudar pra ter a Anastásia? Será que em 50 Tons de Liberdade teremos aquele amor pra sempre sem joguinhos e dores que esperamos? Será que ele realmente mudou? É a minha principal pergunta. Pra concluir, é um filme leve, pra assistir sem muitas expectativas, não tem muita ação, mas achei super válido assistir sim e já saí com vontade de ver o que vem por aí em 50 Tons de Liberdade.

Gostou do que leu? Então nos acompanhe pelas redes sociais para poder ver nossas atualizações e ler os novos conteúdos do blog rapidinho. Dê um like na página do Facebook e siga o perfil @nuwemblog no Instagram. Lembra de deixar seu comentário! :D

12 fevereiro 2017

Acho que eu conheci a história do Nick em 2014 e desde lá eu sou simplesmente encantada por ele, já assisti praticamente todos os vídeos no Youtube e li alguns livros, o meu favorito é Uma Vida Sem Limites (estranho eu nunca ter feito uma resenha dele aqui no blog – vou providenciar). E quando eu soube que ele viria pra Fortaleza eu pirei e comprei o meu ingresso o mais rápido que eu pude (Já tinha um tempo que tinha começado a escrever esse post, afinal a palestra dele foi em dezembro, mas só consegui soltar agora hehe), eu definitivamente não poderia perder a oportunidade de vê-lo de perto, de ver como os olhos dele brilham e como ele é encantador também ao vivo!

Pra quem não conhece ainda o Nick Vujicic é um palestrante internacional. Nick roda o mundo com suas palestras e história de superação. Ele nasceu saudável, porém sem braços e sem pernas, vítima da síndrome Tetra-amelia. Nick passou por muitas dificuldades físicas, mas com certeza a maior dificuldade da vida dele foi a mental – como ele arranjou forças pra se tornar o que é hoje? (Era uma pergunta que eu sempre me fazia) Tem muita coisa incrível da história dele pra compartilhar, tentou se matar duas vezes quando criança, mas conseguiu se reerguer e hoje dá EXEMPLO de amor e fé.

O fato é que quando o Nick entrou no palco todo mundo se levantou e aplaudiu de pé, de repente teve um brilho que olhe nem sei explicar. A primeira coisa que ele falou com todos era que nos amava e se preocupou se todos estavam o ouvindo bem e estavam bem acomodados. Ele tinha uma tradutora – sensacional por sinal – que repetia tudo pra gente em português e até com a mesma intonação, ela realmente foi crucial pra que a palestra fosse tão incrível. Mas vamos ao que interessa…

FÉ EM DEUS

A primeira coisa que Nick deixou bem claro: “Se eu não acreditasse no Deus que eu acredito eu não estaria aqui hoje.” Eu poderia muito bem ter me levantado nessa mesma hora e ter ido embora que pra mim já teria valido, porque isso já responde todas as perguntas que eu tinha na minha cabeça, eu sabia que era impossível alguém ter tanta força se ele não acreditasse no Sobrenatural de Deus. Nick não quis prolongar o assunto, Nick não tocou em religião, Nick apenas falou de Deus, de fé e de amor. Se eu pudesse resumir todas as palavras dele seria isso, mas vamos com calma que ele ainda falou sobre muitas outras coisas incríveis.

Ele fez questão de deixar claro que a palestra não era sobre ‘ter uma atitude positiva’ que é o que a maioria das pessoas – e os palestrantes motivacionais – dizem quando você está pra baixo, mas que era sobre MEDO, SOBRE ESTAR QUEBRADO e sobre ter esperança. Porque pode ser muito lindo dizer que vai ficar tudo bem, mas quando você está com MEDO, nos vales e sem esperança não é tão simples assim acreditar em qualquer coisa ou qualquer atitude positiva. Você precisa, além de qualquer coisa, ter CORAGEM. Saber que o medo não vai embora, ele não simplesmente desaparece, os pensamentos ruins continuarão lá, mas você vai ter que enfrentar o seu medo e dar um limite a si mesmo.

ABRACE O FRACASSO

Outro ponto que me chamou muita atenção foi sobre “Abraçar o fracasso”. A nossa geração foi criada para ser atendida, para ser bem sucedida e para sempre estar brilhando e chamando atenção. Só que esqueceram do principal ingrediente disso tudo: o fracasso. Ele existe e é real. As principais pessoas bem sucedidas abraçam o fracasso com muita força, elas lidam com ele, elas tem consciência e aprendem com ele ao invés de desistir ou deixar pra depois. Elas fracassam diversas vezes e com várias intensidades diferentes. Eu, pelo menos ainda preciso de um longo tempo de aprendizagem pra saber lidar com derrotas, quando a gente entende sobre isso, muita coisa fica mais fácil, finalmente entendemos que FAZ PARTE do processo e da caminhada, ou seja, ver os fracassos como oportunidades reais é coisa exclusiva de quem realmente quer vencer na vida e ter sucesso de alguma forma.

NÓS NÃO SABEMOS O QUE PODEMOS CONSEGUIR ATÉ TENTARMOS

Com suas diversas limitações físicas Nick teve que se descobrir a cada momento da vida. Por diversas vezes seus pais não deixavam ele fazer alguns tipos de atividades e ele fazia questão de ir contra e tentar. E de fato ‘nós não sabemos o que podemos conseguir até tentarmos’, se você tem vontade de fazer alguma coisa você já tem o pontapé inicial: a vontade. Não se sabote antes mesmo de tentar – se fracassar lembre-se que é o seu momento de aprendizado – tenha força para se reerguer e continuar tentando. A vida não é sobre sucesso sempre, você não sabe o tanto de talento que tem dentro de si até iniciar algo. Lembre-se também que o seu VALOR HUMANO não é determinado pelo sucesso ou pelo que dizem de você, você já tem o seu valor simplesmente por ser você mesmo.

COMO VOCÊ SE VÊ DETERMINA COMO AS PESSOAS TE VEEM

Existem muitas verdades universais, mas essa é uma das maiores. É incrível como o poder da nossa mente influencia as pessoas ao nosso redor e como a forma que a gente se posiciona em relação à nós mesmos influencia tudo. Se você se sente uma vítima, um coitado desfavorecido que nunca terá oportunidades e que veio ao mundo para sofrer, com certeza assim você será! Nick poderia se posicionar como uma pessoa deficiente que jamais poderia ter sucesso na vida, mas não foi esse o caminho ou o que ele escolheu pensar. E ele bate muito nessa tecla durante toda a palestra – que a forma que você se vê é a forma como os outros vão lhe enxergar. Eu já pude vivenciar isso na prática, quando estou péssima e me sentindo uma vítima nada dá certo na minha vida, é incrível. Quando mudo minha postura em relação a mim e aos outros é quando tudo começa a fluir. Esse é um segredo mega valioso que poucas pessoas dão valor. Experimente.

03 PASSOS PARA COMEÇAR A ACABAR COM A DEPRESSÃO

“Segundo OMS, 121 milhões de pessoas sofrem de depressão em todo o mundo”. Eu tenho tanto medo de depressão que vocês não tem ideia! E quando o Nick tocou no assunto fiquei muito curiosa porque realmente é algo perigoso e um tanto quanto difícil para conversar sobre. E ele deu 3 passos para acabar com a depressão de forma simples (mas não menos difícil) – se você está nela ou se você acha que está começando a ter.

A primeira coisa é: Seja grato pelo que tem. Quando você tá deprê ou no início da doença a principal coisa que acontece é você esquecer tudo aquilo que tem e achar que tá perdido no mundo, sem pessoas, sem nada de importante e totalmente vazio. Faça força para se lembrar de tudo aquilo que é valioso na sua vida, tudo aquilo que você tem naquele momento – sua casa, sua cama, seu alimento diário, seu pai, sua mãe, seja lá o que for valioso pra você de alguma forma seja grato por isso e se apegue a gratidão diária de forma consciente. Sabemos que tudo fica muito escuro e quase impossível, por isso é preciso fazer bastante força pra se lembrar das coisas que são importantes.

A segunda coisa: Um dia de cada vez – Viva um dia de cada vez, continue fazendo força para não deixar a ansiedade te consumir, não dá pra você acordar hoje e definir como vai ser sua vida daqui há 5 anos ou dar um pulo largo e dizer ESTOU BEM AGORA. Vá devagar, apegado à gratidão diária e tendo consciência de que precisa se curar para sair da escuridão. A terceira coisa: Ajude outra pessoa – Tente sair um pouco da sua bolha e ajudar outra pessoa, você vai ver como isso vai MUDAR a sua forma de pensar e ver a vida. Seja como for a forma, mesmo que nesse momento você não queira e ache isso totalmente estúpido, ajude outra pessoa!

E pra fechar: A esperança é tudo. Tenha esperança em tudo, observe cada momento – seja ele bom ou ruim – acredite nele e que ele tem um propósito de ser. Encare a escuridão como algo que FAZ PARTE e não como algo que quer te atingir e te derrubar. Amo uma frase do Tony Robbin que diz: A vida acontece sempre a seu favor, não contra você. Você só precisa confiar e ter esperança. Desistir não é uma opção. É incrível como tudo isso se encaixou demais em alguns momentos que já vivi e vou levar pra vida sempre que estiver nos momentos bads, eles sempre vem, mas o que nos diferencia é a certeza de que não são pra sempre. É enfrentar que faz a diferença. Lembre disso.

Gostou do que leu? Então nos acompanhe pelas redes sociais para poder ver nossas atualizações e ler os novos conteúdos do blog rapidinho. Dê um like na página do Facebook e siga o perfil @nuwemblog no Instagram. Lembra de deixar seu comentário! :D

1 2 3 4 266