28 dezembro 2016

Claro que não vai ser novidade se eu disser que 2016 foi um ano péssimo né? Mas foi um ano necessário. Eu tinha que sair da minha bolha conto de fadas, de fato esse ano me mostrou que a vida é muito mais dura do que eu poderia imaginar. É como se até agora eu tivesse vivido em um mundo que não existe e hoje eu posso ver que a vida bate e bate com força quando menos se espera e você sempre vai ter que estar preparado pra isso. Mas como o universo é generoso do mesmo jeito que ele bate em você ele te dá as ferramentas pra enfrentar e te dá um mundo lindo pra viver.

Eu posso dizer que fiz de tudo pra me manter em pé, eu realmente lutei no meu ‘campo de batalha da mente’ e estou bem mais tranquila nesse finalzinho de ano. Eu passei pelos piores momentos psicológicos que eu nunca poderia imaginar e há alguns meses eu jamais pensei que estaria contando isso com tanta tranquilidade e estabilidade emocional haha.

AMOR, DEUS E PERDAS

Enquanto estava na batalha da minha mente, claro que a maioria dos meus projetos ficaram pra trás, definitivamente esse não foi o meu ano, perdi e perdi muitas coisas. Agora posso ver o quanto deixei de sonhar e estava completamente desligada do mundo e do que eu sempre quis pra minha vida, eu poderia dizer que não sei porque aconteceu tudo isso, mas foi uma junção de vários acontecimentos como problemas no trabalho, a distância diária da minha mãe pela primeira vez e o término do meu namoro que eu tanto valorizava. Aconteceram tantas coisas uma em cima da outra que eu simplesmente pifei. Mas sempre tive a consciência de que eram apenas momentos difíceis, nada é pra sempre e cá estou eu, viva pra contar a história – em partes – porque tem muito mais gente conhecida que lê esse blog do que desconhecida hahahaha saudades poder entrar em detalhes como antes!

Não vou fazer muita questão de me lembrar de 2016, mas com certeza ele ficará marcado pelas coisas ruins e pela principal coisa mais importante que aconteceu: Meu relacionamento com Deus. Eu posso oficialmente dizer que sou alguém espiritualmente mais bem resolvida. Acho que finalmente encontrei um caminho pra seguir Jesus e isso tem me dado uma força que eu nem saberia explicar de tão maravilhoso que é! Deus colocou pessoas cruciais e importantes pra me ajudar nessa nova caminhada e aos poucos juntar todos os caquinhos que 2016 deixou.

Posso dizer que me tornei alguém mais humilde e independente também. Amor próprio bateu aqui nessa porta forte e me sinto mais EU. Me cobrava demais, me questionava demais e não me dava ao direito de dizer não pras pessoas ou fazer minhas próprias vontades. Agora eu posso me agradar mais e ser feliz com isso, sem me sentir culpada. Posso usufruir do mundo sem medo. Pude realmente entender que mesmo rodeada de pessoas no final do dia – e da vida – sempre vai ser eu e eu, no fim cada um sempre está cuidando de seus próprios interesses. Então eu não posso ser implacável comigo mesma, eu tenho que amar esse serumaninho que habita em mim. E não tem problema nenhum com isso.

Agora mais pro fim do ano perdemos a minha vó. Ela já estava bem doente e não se lembrava mais da gente, aquela doença difícil sabe? Por mais que tenha sido dolorido, sabemos que agora ela está muito melhor do que estava naquela cama de hospital. Nós não éramos muito próximas porque ela sempre morou distante de mim, mas na reta final foram momentos bem delicados e pude ver o quanto a ajuda de pessoas é importante. Eu passei um dos piores dias da minha vida naquele hospital, disso eu vou me lembrar pra sempre.

O BLOGUINHO

Troquei de layout bem umas 4 vezes esse ano em busca de conseguir voltar com o sentimento que eu tinha pelo blog. Mas isso foi só o reflexo do quão instável eu tava, foi melhor mesmo passar todo esse tempo distante, eu não iria conseguir produzir NADA que preste pra postar aqui!

Acabou que finalmente consegui amar esse daqui e vamos ficar com ele durante todo o ano de 2017 (quando desenhei ele já estava bem melhor da cabeça louca hahaha), quero muito poder fixar uma quantidade de posts semanais e ficar atualizando porque sei que tem gente que vem diariamente aqui, mas uma coisa que eu tenho bem em mente é que o blog não vai ser minha prioridade de vida. Quero continuar trabalhando com marketing e dar continuidade e um foco no meu trabalho como designer e conseguir uns dinheiros pra realizar alguns sonhos, o blog sempre foi meu hobby e assim continuará sendo – até Deus dizer o contrário e quem sabe mandar contratos milionários pra essa página hahahahaha.

MEDO E OPORTUNIDADES

Eu tive muito medo em 2016 e uma coisa que quero muito mudar nesse novo ano é poder aproveitar mais as oportunidades que aparecem. Eu disse pro universo que vou dizer mais SIM pra vida. Aquele passeio inesperado, aquela viagem, aquela pessoa que me convida pra fazer qualquer coisa: eu vou. Vou me jogar no mundão e aproveitar a vida porque ela é uma só. Sempre fui uma pessoa muito quieta, se é algo que vou fazer pela primeira vez tremo na base e desisto. Gravar vídeos novos? VOU! Sempre que tiver algo de interessante pra falar, claro :) E agora decidi que vou fazer diferente porque ‘a vida é trem bala’ né nom?

Sei lá, eu não quero lembrar muito desse ano. Eu lembro muito de escuridão quando falo nele. Mas acho que o mais importante é que todos nós – com seus problemas e desafios – conseguimos chegar até aqui e dizer Adeus. Muitos dizem que nada vai mudar, que o problema não é o ano e tals e pode até ser gente, mas pelo menos esse ciclo de 365 está se encerrando! Vamos ter a chance de reescrever os próximos 365 dias, se Deus quiser, a gente não sabe do amanhã então o principal pensamento que podemos ter é: vamos viver hoje, deixar o que ficou lá atrás mesmo e partir pra uma nova vida, novos planos, novos pensamentos e consequentemente novos sentimentos.

Parece clichê, mas ainda bem que pra todo fim há mesmo um recomeço! Eu desejo que nesse novo ano você se encontre mais consigo mesmo, trate-se melhor, saiba valorizar cada parte da sua vida e veja o quão valioso você é! E você vai precisar lembrar disso todos os dias porque o processo é lento, não vai acontecer um milagre. Você vai precisar ser o seu próprio milagre, mais do que nunca.

Tchau 2016, gratidão pelas dores, elas me tornaram quem eu sou hoje.

13 dezembro 2016

Uma coisa curiosa que aconteceu esse ano foi que passei a fazer mais compras online. Eu nunca curti sair pra comprar roupas, então confesso que a segurança e o conforto de comprar assim tem me feito gastar bons dinheiros – eu digo segurança porque sempre fui muito noiada com compras online (meu pai sempre me colocou um baita medo e dizia que iam clonar meu cartão ou então enviar um tijolo ao invés da compra kk), mas desde que comecei e que vem dando tudo certo – chegando certinho, sem problemas com cartão de crédito, etc – surgiu um vício. Tudo agora eu quero comprar online e fico fazendo várias wishs e já vendo onde vende tudo, agora eu finalmente entendo hahahahaha. Então, seguindo essa dinâmica, resolvi compartilhar aqui minhas 16 brusinhas favoritas na SheIn pra começar 2017 com o pé direito no armário! Quero usar muitas t-shirts – até porque estou precisada – e de preferências as mais divertidas e fofinhas possíveis!

BRUSAS ROSINHAS

01. Pink Portrait Print Roll Sleeve // 02. Black White Striped Embroidered Patch // 03. Pink Coffee Cup Slogan Print // 04. Alien Print // 05. Pink Contrast Letters // 06. Coffee Cup Print // 07. Pink Portrait Print Roll Sleeve // 08. Khaki Drop Shoulder Stamp Patch //

Eu juro que não foi proposital, comecei a fazer a wish e de repente quando eu vejo a pasta só tem peças rosinhas! Então, eu estou nessa pegada mais nuvem light mesmo e preciso vivenciar isso, combinou até com o layout do blog, esse seria o armário perfeito do momento! Nessas primeiro 8 selecionadas tem desde crop, até divertidinhas falando de café, outra com patches, ET, uma bege e uma listrada que entraram de gaiatas e atrapalharam a harmonia do post! kkkkk mas eu super adorei elas também! Me vejo usando todas com short e tênis, aliás tênis é outra coisa que quero comprar mais em 2017.

Como nem só de rosa pode viver o homem, separei outras mais escuras também. Essa abaixo nº 10 e 15 com esse recorte no braço é um tipo que estou querendo muito! Bem diferentezinha e não tenho nenhuma peça desse tipo. A 11 amarradinha dá um charme com short ou legging (que super gosto de usar). Fazendo esse post eu me dou conta o quanto estou precisando comprar mesmo brusinhas novas e dá uma atualizada no meu armário :(

09. Pink Portrait Print Roll Sleeve // 10. Multicolor Pastel Tie Dye Open // 11. Dark Grey Knotted Crop // 12. Black Flower and Butterfly Print // 13. Navy Striped Saucerman // 14. Color Block Gesture // 15. Grey Open Shoulder Varsity // 16. Cactus Embroidered Striped //

Quero muito nesse próximo ano prestar mais atenção no meu estilo, confesso que nunca fui uma pessoa apegada a esse tipo de coisa (e nem quero!) porque eu realmente gosto do básico do básico. É tão difícil escolher roupas porque quase nunca encontro peças que eu realmente goste nas lojas aqui de Fortaleza, por isso que essas t-shirts divertidinhas enchem tanto meus olhos nessas lojas gringas, agora que estou reavaliando minha vida como um todo e tendo um tempo pra olhar mais pra mim quem sabe consiga colocar meu estilo também como uma prioridade :*

06 dezembro 2016

Comecei lentamente a separar os filmes que iam entrar nesta parte 2 e quando me dou conta já estou com 12 filmes selecionados, sendo que a série é de apenas oito, o que quer dizer que terei que fazer uma parte 3! Feliz que a Netflix não tirou boa parte dos filmes, aliás já faz bastante tempo que ela não atualiza o catálogo de suspense – o que me deixa bem irritada, porém feliz pra fazer meus posts em paz mesmo sem filmes novos. Feliz também porque a primeira parte está como um dos posts MAIS LIDOS! Vocês são irados demais, esse é meu assunto favorito de falar e com audiência aí é que eu não vou parar messmo! Então é como eu disse, essa série de posts está sendo dividido em:

8 filmes de suspenses favoritos na Netflix, parte I
• 8 filmes de suspenses favoritos na Netflix, parte II. (O que você está lendo)
• 8 filmes de suspenses favoritos na Netflix, parte III. (Em Breve)

Não quero me prolongar muito nessa entrada, mas devo dizer que os filmes de hoje são mais lights que o post passado, mas só tem suspense bom demais e que realmente vale a pena assistir!

01. HUSH – A Morte Ouve conta a história de Maddie que se muda para um local tranquilo afim de escrever seu novo livro, ela é surda e de repente vai dar de cara com um assassino na sua casa. Ela vai ter que ultrapassar todos os limites da sua deficiência se quiser sobreviver. Acho que isso é tudo que posso contar pra não dar spoiler.

Eu relutei bastante pra assistir porque pensei: um filme sem fala nenhuma vai ser mais do que agoniante, mas acabei pagando pra ver e já assisti duas vezes de tão incrível. Kate Siegel atua incrivelmente e te prende do início ao fim, vale a pena ver cada segundo.

02. A Inquilina é sobre Jeffrey Dean Morgan perseguindo a sua nova inquilina, a Dra Juliet. Ela se muda para o novo apartamento afim de começar uma nova vida após a separação, mas começa a se sentir meio estranha diante de algumas atitudes do seu colega que alugou o AP pra ela. É um filme de suspense psicológico, com alguns segredos, trama envolvente e um final cheio de ação do jeito que eu gosto, é o tipo de filme que dá pra assistir sozinho também porque aqui não temos nada sobrenatural.

03. Os Suspeitos, vocês reclamaram que ele não apareceu aqui na primeira parte e aqui está! Claro que eu não tinha esquecido dele, com certeza ele é um DOS MELHORES de suspense que já pude assistir, ele é o tipo de filme que você fica impactado o resto do dia, por isso a probabilidade dele já ter sido assistido por todos é bem alta, mas pra quem ainda não viu ele é sobre a história do sequestro da filha de Keller, cansado com a investigação que não chega a nenhuma conclusão ele decide resolver com as próprias mãos e, bem o filme não termina muito legal. É tenso, envolvente, triste e impactante no nível máximo! {Clica aqui pra ver o trailer}

04. O Mistério das Duas Irmãs, esse também é bem famosinho pra quem vive no mundo Netflix. Ele conta a história de uma adolescente em luto que ao sair do hospital psiquiátrico descobre que seu pai vai se casar com a enfermeira que ela odeia que cuidava da sua falecida mãe – não preciso dizer que vai dar merda né? Eu me surpreendi bastante com esse filme, porque ele é bem assustador e tá na aba Suspense, mas ele tem SOBRENATURAL e muito sangue. Mas tem um dos melhores finais de filmes EVER, surpreendente! Descobri também que ele é o remake de MEDO, filme coreano (então se puder assista essa versão, os coreanos são sempre melhores!) Vale mesmo cada segundo assistindo.

05. Acorrentados, esse é um daqueles que sempre aparecia pra mim na Aba Sugestões e eu deixava passar. Até que finalmente meti as caras pra ver, ele é sobre Tim, um garoto sequestrado por um Serial Killer e forçado a enterrar todas as vítimas, bem como cuidar de algumas coisas do monstro sequestrador. Tim passa mais de dez anos no cativeiro até o dia em que bola um plano pra fugir. É ELETRIZANTE, um pouco agoniante, triste e doentio. Eu considero um daqueles filmes que você fica meio bad depois pensando, é um pouco pesado e complexo porque envolve traumas, violência contra mulheres e por aí vai. Mas porque vale a pena ver? A trama e o desenrolar da história é muito boa, pra quem gosta de suspense MESMO eu recomendo. Tem sangue e muita violência, já vou avisando. {Clica aqui pra ver o trailer}

06. Encurralados é o tipo de filme que você assiste uma vez e marca bastante. Pelo menos pra mim foi assim, eu já tinha assistido esse filme em algum canal e quando vi que ele entrou no catálogo corri pra assistir de novo. Ele conta sobre Neil e Abby, um casal perfeito que vive em Chicago e tem a sua filha raptada. Mas o que a gente não sabe é que tem um plano muito maligno e sombrio por trás de todo o drama que esse casal vai viver quando o pesadelo começar. Ele é suspense psicológico puro! Adrenalina, tensão e mistério definem esse filme! {Clica aqui pra ver o trailer}

07. Mercy, assim que eu vi que esse filme tinha entrado no catálogo sabia que eu ia curtir, ele tava com 5 estrelas pra mim. A história é sobre 4 irmãos que se deparam com a mãe doente prestes a morrer. A questão é que ela tem uma herança enorme e, bem, teremos aqui uma disputa de irmãos.

O filme é muito tenso, sombrio e até um pouco confuso se você não estiver prestando bastante atenção, mas o final tem uma sacada irada! Fico muito empolgada com esse tipo de história, nas avaliações da Netflix parece que a galera não gostou muito, mas eu digo que é porque é bem confuso no começo, se você pegar bem o fio você se surpreende muito com o final! Indico mesmo!

08. El Desconocido, eu e meus filmes espanhóis haahhaha AMO DEMAIS! Em El Desconocido um banqueiro paga o preço da ganância dele quando se torna refém dentro do próprio carro. Esse é um daqueles filmes tensos do início ao FIM, você definitivamente não sabe o que pode acontecer e não sabe os segredos desse banqueiro durante boa parte do filme, é um pouco violento, mas muito cativante. Tem desespero, tem ação e lição de vida! Esse é outro daqueles imperdíveis mesmo.

ENTÃO É ISSO POR HOJE! Claro que eu tenho que pedir mais dicas pra vocês né? Por favor, as últimas que vocês me deram foram ótimas e já estão na lista aqui, pode ser dicas fora da Netflix também! Qual desses é o favorito e qual vocês ainda não assistiram? Vamos nos unir porque as férias tão chegando e a gente é desses que gosta de uma tensão.

1 3 4 5 6 7 267